quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Revistas cor de rosa...

Ontem peguei numa revista cor de rosa, e deparei-me com uma série de gente, toda muito perfeita, muito feliz, muito realizada. Uma fachada, decerto construída, sendo que, é o que a sociedade quer ver... Ninguém quer pegar numa revista com um conjunto de Homens e Mulheres barrigudos e cabeludos, e saber a sua História de vida. Para quê? São uns infelizes de certeza. Os belos, os perfeitos, esses sim são felizes...


Na nossa sociedade, onde o culto da perfeição a todos os níveis, se apregoa como o patamar a atingir, o que fazem os imperfeitos, ou melhor, o que fazemos todos nós?

É uma situação que por vezes me preocupa... Não um culto de beleza saudável, se for vivido com peso e medida, como de resto, em tudo na vida. Mas o desejo da perfeição, e a consequente felicidade dai decorrente, transmitida a uma parte da população, que lê estas revistas, com uns olhos sonhadores.

Acabam muitas vezes por potenciar personalidades frágeis e débeis, pelo simples facto de não se atingir esse ambicionado patamar.
E incomoda-me ainda o facto, de ser uma realidade de difícil alteração, que reflecte problemáticas consideráveis na estruturação de personalidades, que, não tendo onde se agarrar, se agarram a vidas alheias. Vidas com uma perfeição fictícia, mas bela, que lhes dá um prazer momentâneo, alternado com uma frustração profunda, pelo facto de não pertencerem ao grupo da perfeição.


Obviamente que, uma personalidade estruturada e coesa, não sofre estas mazelas. Falo aqui de pessoas já por si frágeis, que se deixam toldar por estas realidades manipuladoras.

Sim, a esta hora julgam-me um Salazar, capaz de mandar banir as revistas. Mas não, não é nada disso. Até porque me parece que a curto prazo não existe possibilidade de alterações de fundo. Não por mais nada, mas porque a nossa Sociedade ainda é mais frágil do que deveria, e talvez até precise destes sonhos. De qualquer forma, e se querem saber, eu, pela minha parte não gosto delas. Mas cada um lê o que quer, obviamente...

2 comentários:

  1. A n/ sociedade ou o chamado Jet Set das revistas cor de rosa, não passam de gente futil q só quer aparecer em revistas...enfim fachada mesmo...

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores