terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

...

Ainda bem que existem grandezas no mundo fora do nosso alcance. Que não movemos nem mudamos, como o clima por exemplo. Na adversidade, treinam-se as estratégias de adaptação, uma mais valia preciosa da qual somos portadores. De outra forma e a podermos mudar tudo, tal e qual mudamos leis, acordos, vontades ou ambições, o mundo já teria entrado num colapso inevitável. E nós, por acréscimo, também. Restam-nos portanto as miudezas, que nos competem como que numa forma de consolo, e nas quais depositamos os nossos interesses e projecções. Egoístas, naturalmente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores