terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Simplicidades

- Mãe o que é malvada sorte? Não percebo. Se é sorte, não é malvada...

(Sim eu sei que a definição vai mais longe, mas de facto normalmente aliamos sorte a boa sorte. Sortes malvadas não têm jeito nenhum. Não deveriam existir, ou algo do género.)


- Mãe estou tão grande. Não percebo como sou tão grande, vindo de ti tão pequenina.

( Ele não percebe e eu também não)


E agora vou dormir. Há quem diga que faz crescer.

3 comentários:

  1. Tão querido... Tão ingénuo... Dá vontade de o abraçar e de o proteger sempre da malvada sorte, não é?
    Cata
    http://longoriotranquilo.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. A Fortuna, no sentido dos romanos, umas vezes é boa, outras vezes má. Decorre da Tuchê grega: é o acaso, pode cair para um lado ou para outro.
    A Sorte, que delas decorre em conceito (acaso),encorpa conforme as circunstâncias. Uma vezes é boa, outras má.

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores