domingo, 15 de novembro de 2009

Da noite


Ainda no rescaldo da noite, tenho de postar por aqui umas palavras. Eu, que me posso dar ao luxo de comparações, pois já assisti a concertos de grandes Bandas. Sou suspeita, é um facto. Logo a seguir a Pearl Jam, esta é sem dúvida, a minha Banda favorita. Mas só me ocorrem adjectivos poderosos para definir o que assisti ontem à noite. Fabuloso, talvez encaixe bem, embora, ainda assim, não sei se farei justiça. Num Pavilhão Atlântico completamente esgotado, com muito cabelo grisalho, entre outro que nem tanto, os Depeche Mode, deram, sem qualquer dúvida, um Concerto memorável. Eu, ainda me portei bem, batendo palmas e mantendo a postura, durante um bom bocado. Mas quando aparece um Enjoy the Silence, e a minha amiga T me dá o mote, levanto-me para não mais me sentar. Faltaram algumas das minhas favoritas, sendo que Just Can't Get Enough e Strangelove, ficaram-me no goto. Estavam para desertar, sem nos brindarem com Personal Jesus, mas ninguém deixou. Voltaram ao palco, para mais umas quantas, incluindo essa. Há segunda que desapareceram, já não voltaram. Pela parte que me toca, e eu, que nem sou de fáceis perdões , já os perdoei da ausência do Super Bock. E podem voltar. Lá estarei para os ouvir.

2 comentários:

  1. também amo!
    E da maneira como escreveu, mi vi ao seu lado vibrando!

    beijos e lindo domingo!

    Bia

    ResponderEliminar
  2. São estas alturas que me fazem querer morar em Lisboa ou arredores.
    Cá a Norte, embora estejamos mehor que há uns anos, a agenda cultural ainda deixa muito a desejar.
    Adoro Depeche Mode.
    :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores