sábado, 21 de novembro de 2009

Intocável

Quando nascer outra vez, irei decerto pertencer à classe dos intocáveis. Passo a explicar. Existem determinadas profissões, em que não se pode tocar. Façam elas o que fizerem, como quiserem, e onde quiserem. E isso, leva a que possam usufruir de um certo estatuto, oferecido de bandeja pela Sociedade em que nos encontramos. Logo, os erros, o desleixo e o desrespeito, assumem-se plenamente. Para quem tenha dúvidas do que digo, exponho a definição encontrada no dicionário:
Intocável:
1. Intangível
2. Que ou quem não pode ser atacado, criticado ou castigado, normalmente por estar protegido por grandes influências ou por pessoas poderosas.
E mais não digo. Ou melhor, digo. Não vou nada pertencer a ela. Não se enquadra no meu tipo.

7 comentários:

  1. Ninguém é intocável a menos que todos os outros determinem que sim...

    ResponderEliminar
  2. Neste momento sinto-me também intocável, mas por outros motivos...convido-te a ir ao meu estaminé.
    :)

    ResponderEliminar
  3. Intocáveis na nossa sociedade só mesmo os politicos...

    ResponderEliminar
  4. Meus caros... como se diz, CONTROLO é PODER!!!

    ResponderEliminar
  5. Não queiras vir a ser intocável. Decerto que são pessoas infelizes e solitárias...

    ResponderEliminar
  6. Sei que não foi esse o sentido do teu post mas quando te referes à "classe dos intocáveis", remetes inadvertidamente para o sistema de castas, ou classes, vigente na Índia, em que os párias, estão tão no fundo da hierarquia social que nem têm uma casta que possam considerar sua e são por isso, considerados intocáveis por todas as outras castas (no mau sentido)... Resta-me portanto dizer "cuidado como que desejas..."
    ;) **

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores