sábado, 21 de novembro de 2009

Fim de semana...


E depois surgem aqueles fins de semana em que planeamos ir fazer compras. De Natal, ou assim, porque a Quadra está aí, e não gosto nada, das confusões de última hora. E eis que o dia amanhece cinza escuro e bem regado. E as vontades dividem-se entre o sofá, as mantas, a lareira, o chá e o Bolo Rei ( este malvado, que já se instalou por cá, pelas mãos de não sei quem; se calhar caiu do céu, ou isso). O meu espírito, entrou de mansinho no Outono, e instalou-se, manhosamente. Nestes momentos, fico consciente do poder do aconchego. Eu, que até sou de fortes vontades, deixo-me embalar, e quase nem resisto. Mas estou no ir. Deixo o ócio para amanha. Por ora preciso de dar um salto no estaminé ( aquele que não vive sem mim, mas ao qual eu resisto perfeitamente. Desigualdades, enfim), preciso de fazer umas compras, preciso de dar uns colos. Preciso ainda de mais umas coisas. Mas o que queremos, nem sempre se encontra na soleira da porta. Agora, por tudo isto, encontro-me em carências. Logo, e numa tentativa de reestabelecimento da minha sanidade mental, irei bebericar um café, com Bolo Rei de Chocolate. Daquele que caiu do Céu. Vou agora, antes de enfrentar o dia, a chuva, e isso assim.

2 comentários:

  1. Gosto dos dias de chuva... das compras de natal... do frio que nos obriga a enrolar o pescoço com um cachecol...

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores