sábado, 25 de setembro de 2010

Tardes assim

Gosto de tardes frias de Outono. Bem sei que o verão por aí deixa saudades, que o morno das noites é um prazer para muitos, e a praia, poiso habitual dos veraneantes, fica em repouso, de ora em diante. Nem por isso lhe sinto a falta, que sou do frio e ele, sempre me chama. Talvez por nele ter vindo ao mundo, que a ele me fiz, num conforto que encontro nos chás, nas torradas com manteiga e mel, nos bolos de noz, e nas mantas cá de casa. Só me cansa já lá para Maio, e ainda assim, não raras vezes, prolongava-o um pouco mais. Bem vindo.

2 comentários:

  1. E eu que este ano não me quero despedir do Verão! Se calhar soube-me a pouco apesar de tanta praia que fiz! Ou soube-me a muito e, por isso, soube-me a pouco :):)

    ResponderEliminar
  2. Humm...começo também a sentir saudades do outono, do cheiro a castanhas assadas, das folhas que caem...

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores