terça-feira, 7 de setembro de 2010

Utopias

Julgaria prudente estarmos munidos de um botão. Qualquer coisa semelhante a um qualquer interruptor, que poderíamos esconder, atrás da orelha, por exemplo. Podia servir apenas duas funções, num liga e desliga que em tanto me valia.
Um pensamento, e chegaria. On, off, ou nada, em caso disso.

4 comentários:

  1. Tantas vezes que me apetecia também ter um botão desses, eheheh
    :)

    ResponderEliminar
  2. Nós temos essa capacidade, basta uma concentração enorme e ãnimo. Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Dava muito jeito...acredito que (in)felizmente um dia deixará de ser utopia!

    ResponderEliminar
  4. em nós, e nos outros, ou bloquearmos.... ou provocar um curto-circuito em alguns...

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores