segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Afagos

As mãos dela, pequenas e frágeis, pegam no rosto dele, grande e rude. Fundem-se assim, duas realidades, tão distintas fora, mas tão iguais por dentro, coisa estranha por assim dizer. Ou então, não é nada estranha, e apliquemos então aqui outro nome.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores