sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Dias assim

A cidade desabou em chuva, quase me assustou a ingrata, que sabendo do amor que lhe nutro, assim me trata em dia de visita.
No caminho, após longa hora de fila, ouço o buzinão. Género casamento, imediatamente após terem conseguido passar um acidente, sendo que vários carros buzinavam, numa manifestação despropositada, enquanto os pobres acidentados, debaixo da chuva, olhavam incrédulos.
Tenho dias em que julgo não ser daqui. Ou então sou, mas não me adapto.

2 comentários:

  1. Como te percebo CF.
    Há dias que mais valia, nem acordar.
    :)

    ResponderEliminar
  2. No mínimo, uma falta de sensibilidade e respeito, essa do buzinão vs acidente.
    Quanto ao resto, há dias assim CF, por isso há que valorizar os bons, aqueles que fazemos valer a pena. Bom domingo :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores