domingo, 8 de janeiro de 2012

Boas notícias que se espalham devagar

Parece que tenho colegas de profissão que aconselham banhos de mar em Janeiro, rezas diversas, lêem cartas. Felizmente chegaram normas que nos regem e que nos tornam passíveis de responder pelo nosso trabalho. Uma das coisas com que mais me debato desde há muito, é a falta de seriedade de determinados profissionais da área. O uso abusivo das fragilidades alheias que parecem servir para encher bolsos com dinheiro mal ganho. Dinheiro mal ganho é sempre dinheiro mal ganho. Dinheiro mal ganho por leviandade com o bem estar alheio, é dinheiro muito mal ganho. Recebi ontem o livrinho laranja da ordem, onde especifica tudo (bom, quase), o que devemos fazer, atender, e obedecer. Uma bíblia que muita falta nos fazia. Com a legislação e com o número de série, já não podemos ser ovelhas negras incógnitas. Ora façam o favor de serem atentos, em caso de necessidade.

1 comentário:

Deixar um sorriso...

Seguidores