quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Mulheres

A figura feminina há muito que deveria ser mais respeitada. Ninguém escolhe a forma que traz ao mundo, sendo que a mesma poderá ser sempre mais retocada, todas temos aspectos a melhorar, mesmo as abençoadas por Deus. Actualmente, e no seguimento dos implantes perigosos, assisto a uma onda de críticas generalizada, proferidas em tom de indignação e reparo, às mulheres que se apetrecham de tais artefactos. Não simpatizo com essas críticas. Pela minha parte, considero as cirurgias estéticas como uma coisa a não realizar, a não ser em casos realmente necessários, mas isso tem a ver com princípios meus, opiniões pessoais, e respeito perfeitamente outras opções. É importante não esquecer, quando se levantam as vozes que condenam, que na maioria das situações quem se sujeita a este tipo de intervenção, fá-lo com o intuito de agradar a uma sociedade demasiado exigente no quer toca ao culto do corpo. Aqui neste mundo, não podemos ser gordas, é chato isso. Não podemos ceder à lei da gravidade que ataca tudo quanto mexe, mas da qual somos quase obrigadas a escapar. Também não podemos ser demasiado magras, porque ao senão lembramos estados de anorexia e doença, seremos constituídas só por ossos, e não temos onde nos agarrem. E isso não tem graça nenhuma, especialmente em determinadas situações. As rugas que surgem com o tempo, a vida, o choro e o riso, também não são bem vindas, sendo sempre mais apetecível uma pele mais viçosa, mais elástica, menos engelhada. E por ai fora.
Não falando aqui de alguns exageros cometidos por questões distintas destas, julgo que a maioria se comete assim, pela dificuldade de aceitar um corpo que nasceu imperfeito, por parte de uma sociedade que gosta muito da perfeição. Mesmo que ela seja construída, falsa, manipulada, enfim, o que quiserem chamar. A vida neste campo é difícil para nós mulheres, que também não nos ajudamos nada umas às outras. Mais para algumas, por motivos diversos. E alguns homens, é pá perdoem-me lá, mas por vezes também não colaboram nadinha. Ok, é de vossa natureza. Tal como é da nossa o gostarmos de vos agradar (a maior fraqueza que todas temos no corpo).

1 comentário:

  1. Apetece-me dizer- Raios partam a ditadura da beleza!!! E de resto, já dizes tudo. As mulheres não ajudam nada - mesmo ainda menos do que os homens, essa é a grande chatice.

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores