terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Fumo

Isto dos cigarros que agora anda na baila deve ter a ver com aquela imagem gira que encontro na porta das repartições públicas, bancos e escolas, onde os intervalos são ocupados por gente que dantes fumava dentro, e que agora, por obrigatoriedade de circunstância, tem de fumar fora. Vai daí e dada a imagem de degredo, generalizou-se a coisa e já não se pode fumar também na porta dos cafés, e deduzo que em porta alguma, porque o fumo pode entrar e ser prejudicial. E então se calhar o melhor era acabar também com o fumo enquanto se anda na rua, não vamos nós cruzar algum fumador distraído e levar com um bafo. Pode ser complicado. No andamento, já que estamos de embalo, proibíamos também a deambulação pública de determinada gente, que provavelmente não tem muito que fazer, e por isso metralha o País com ideias que não lembram nem ao menino jesus. Não vá a inteligência dessas pessoas pegar-se e isso é que era o cabo dos trabalhos.
Já por cá disse, não tenho nada contra ou a favor dos fumadores, mas aglomerados de gente que fuma enquanto eu espero em filas irrita-me. Mea culpa, desculpem lá qualquer coisita. Mas ainda assim, e afastando esta minha embirração pessoal e dotada de grande dose de mau feitio, não deixo de julgar exageros determinadas teorias sem fundamento. Cada um é livre e o exterior por enquanto também. Sempre ouvi dizer que a porta da rua é a serventia da casa.

4 comentários:

  1. Gostei! Principalmente da referência à inteligência! :p

    ResponderEliminar
  2. É um tema polémico já que fumadores e não fumadores só podem sentir de forma diferente e quem já fumou, como eu, e deixou de fumar, passou a não suportar aquilo para que contribuía...No entanto parece-me indecente que ainda há pouco tempo se tenha obrigado malta da restauração a investir pequenas fortunas em obras para que se pudesse fumar dentro da sua casa, para agora lhes dizerem que, afinal, nem com elas nem sem elas... É por estas e por outras que há quem se ponha a milhas daqui. Nunca se sabe com o que se pode contar neste país!...

    ResponderEliminar
  3. E que tal proibir o fumo das indústrias, dos automóveis, das queimadas agrícolas, das inceneradoras, das lareiras e outrs fumos prejudiciais para a saúde!

    ResponderEliminar
  4. Olha, hoje também postei sobre o tema, com cinzeiro e tudo :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores